BOAS FÉRIAS                          22 DE JUNHO - PRIMEIRA COMUNHÃO [CONFISSÕES: 21 DE JUNHO ÀS 9H30]                          BOAS FÉRIAS                          CRISMA - 19 DE JULHO - 15H30                          BOAS FÉRIAS                          CATEQUISTAS - ENCONTRO ARCIPRESTAL CATEQUESE - 28 DE JUNHO                          BOAS FÉRIAS

Considerações...


Catequese

“A catequese é uma ação da Igreja, é a Igreja no seu todo que faz a catequese, cumprindo a sua missão de ser continuadora da missão de Jesus Cristo: levar a Boa Nova a todos os povos. A Igreja, animada pelo Espírito Santo, conserva no seu coração, anuncia, celebra, vive e transmite o Evangelho através da catequese” (Cf DV 8).

«O objetivo da catequese é levar cada catequizando não só a um contacto, mas a uma comunhão e intimidade com Jesus Cristo (Cf CT 5). Pela sua própria natureza, “a comunhão com Jesus Cristo impulsiona o discípulo a unir-se a tudo aquilo a que o mesmo Jesus Cristo se sentiu profundamente unido: a Deus seu Pai, que o enviara ao mundo; ao Espírito Santo, que lhe dava força para a missão; à Igreja, Seu corpo, pela qual Se entregou; e a toda a humanidade, Seus irmãos e irmãs, de cuja sorte quis partilhar” (DGC 81). »

A caminhada catequética consiste num percurso de 10 anos para que o catequizando possa tomar conhecimento, viver e transmitir a mensagem de Deus, e ser assim considerado um Adulto na Fé.

Após esta caminhada de 10 anos (e não 10 matriculas) é que o catequizando está apto a receber o Sacramento da Confirmação. Após o conhecimento e vivência dos mandamentos do Pai, o catequizando reconhece a Verdade e confirma que a quer viver e transmitir permanecendo na Fé de Cristo!

Ao longo deste percurso, o catequizando vai crescendo e aumentando a sua fé com o conhecimento da Palavra de Deus. A cada ano vai celebrando um novo compromisso e participando numa festa específica para o seu ano.

As festas da catequese estão assim distribuídas:

1º Ano – Festa do Acolhimento

2º Ano – Festa do Pai-Nosso

3º AnoFesta do Perdão e Eucaristia

4º Ano – Festa da Palavra

5º Ano – Festa do Credo

6º Ano – Festa da Fé

7º Ano – Festa das Bem -Aventuranças

8º Ano – Festa da Vida

9º Ano – Festa do Compromisso

10º Ano – Festa do Envio e Confirmação


De todas estas festas, duas salientam-se por a elas estarem associados três Sacramentos.
A festa do 3º Ano, Festa do Perdão e Eucaristia, é facilmente conhecida como sendo a Primeira Comunhão, e a ela estão associados os Sacramentos da Eucaristia e da Reconciliação. À festa do 10º Ano, está também associado um novo Sacramento – o Sacramento da Confirmação.

Todas as outras festas têm valor semelhante.

A participação dos catequizandos no seu percurso de formação catequética deverá ser contínua, constante e ativa. Assim, ele deverá ser assíduo e participar ativa e responsavelmente nas atividades que sejam propostas.

O ano de formação catequética decorre entre o início de Outubro e o final de Junho, com interrupções aquando das épocas de Natal e Páscoa, perfazendo, sensivelmente 30 sessões de catequese.

O catequizando não poderá ultrapassar o limite de 6 ausências (um catequizando que ultrapasse este limite não poderá progredir para o nível seguinte manter-se-á no mesmo nível)

Poderão existir situações de caráter especial, nomeadamente a situação de ser um catequizando com pais separados. Nestes casos, o Encarregado de Educação deverá dar conhecimento ao Pároco e Equipa de Coordenação para acordar o melhor procedimento.

A participação na Eucaristia (Santa Missa) é um dever de todo o Cristão, e é-o durante todo o ano, pelo que será da responsabilidade dos Pais e Encarregados de Educação a assiduidade, vigilância e participação dos catequizandos nas Eucaristias.

As Eucaristias dos primeiros sábados serão dinamizadas pela catequese.

Há um aspeto deveras importante, a Catequese é uma forma para conhecer, viver e transmitir a Palavra do Pai através do Filho pelo Espírito Santo – ou se quer ou não se quer. Alguns parecem indicar que a catequese é um sacrifício que têm que cumprir para que possam receber os sacramentos da Eucaristia e Confirmação – puro engano! Quem pensa assim, deverá estar a fazer um sacrifício mas será um sacrifício em vão pois não obterá nada – Os Sacramentos e os Mandamentos vivem-se.  


Catequese Paroquial Nossa Senhora da Amparo
Póvoa de Lanhoso, 19 de Setembro de 2013

Sem comentários:

Enviar um comentário